Padre

O que são as Indulgências?

1 - O que é indulgência?

 

      R: É a remissão - total ou parcial - da pena temporal devida pelos pecados 
      já perdoados quanto à culpa que o fiel alcança por meio da Igreja, sob 
      determinadas condições.  

      O fiel perdoado quanto à culpa não está necessariamente perdoado quanto à 
      pena. O que apaga esta a pena temporal é a indulgência, concedida 
      especificamente pela Igreja também através da oração ou obras de piedade, 
      penitência ou caridade.

 

      2 - Entendendo a diferença entre a PENA e a CULPA.

 

      R: O pecado de Adão trouxe como conseqüência a morte.

      Todo o pecado que cometemos traz consigo uma dupla conseqüência:

      a CULPA e a PENA. Quando um fiel confessa seus pecados ao sacerdote,  este 
      concede-lhe o perdão dos pecados quanto à CULPA.  Fica, porém, a PENA 
      TEMPORAL, que implica sofrimentos diversos: tribulações quotidianas,  
      provas de todo o tipo, doenças graves, representam para o cristão um 
      momento de graça, de purificação e expiação.  Esta pena temporal pode 
      ser-nos aplicada tanto na vida como após a morte (no purgatório).  Por isso, 
      quando a Igreja concede tempos ou lugares de indulgências, podemos também 
      oferecê-las pelos defuntos, que estão no purgatório ainda cumprindo as 
      penas temporais devidas, ou seja, a conseqüência dos pecados que cometeu 
      em vida. No purgatório cessou para as almas o tempo das indulgências, e 
      por isso, elas agora só podem beneficiar-se se os vivos oferecerem em seu 
      favor as indulgências que a Igreja concede.  Nisto se resume a comunhão 
          dos santos. 

     

      3 - Diferença entre Indulgência Parcial e Indulgência Plenária? 

 

      R:  A indulgência plenária apaga totalmente a pena temporal dos pecados  
      já confessados e por isso a condição é o sacramento da Confissão, sem o 
      qual não existe indulgência plenária.  Já a indulgência parcial, como o nome 
      indica,  redime-nos parcialmente dessa pena.  

     

      4 - Quais as condições para obter a Indulgência Plenária? 

     

      R:  Estabelecendo a Igreja Indulgência Plenária para determinada data ou 
      festividade, para que os fiéis as recebam,  são necessárias as seguintes 
      condições:  

      Confissão Sacramental; Comunhão Eucarística; Oração pelas 
      intenções do Sumo Pontífice (normalmente o Credo, Pai-Nosso e Avé Maria;

      Cumprir uma obra prescrita pela Igreja.

      Requer-se ainda rejeitar todo o apego ao pecado, mesmo venial.